fbpx

O que é a Cárie e como evitá-la?

Olá! Conversando com meus pacientes durante as consultas, descobri que as pessoas não sabem o que é a cárie, e como ela destrói o dente. Então, vamos conversar sobre ela!

O que é a cárie?

A grosso modo, cárie é o buraco que a aparece no dente por causa de má higienização, alto consumo de açúcar e bactérias bucais. Esses fatores isolados, ou a junção de dois ou três deles podem ser as causas da cárie, o que faz com que a cárie seja considerada uma doença multifatorial.Vamos explicar o papel de cada um na história! Antes vamos falar de alguns mitos.

Claro que você já ouviu aquela história de que se a gente come muito açúcar e não escova os dentes acaba “pegando cárie”. Ponho as aspas porque não se “pega” cárie. Cárie é a lesão no dente, o buraco. O buraco não é transmitido de uma pessoa pra outra. Cárie não passa pelo beijo ou quando compartilhamos um talher, por exemplo.

O que acontece nesse caso é a transmissão de bactérias da boca de uma pessoa para outra. E as bactérias que estão em um ambiente pouco favorável a sua proliferação, podem, num outro ambiente (outra boca), se multiplicar com maior velocidade e aumentar o risco a cárie.

Como aparece a cárie?

Na sua boca, existem toneladas de bactérias! Umas boas outras más…todas, convivendo em harmonia. Quando você come qualquer coisa, o pH da boca se modifica e isso faz com que as bactérias tenham um ambiente mais propício para se desenvolverem. Em maior quantidade, a possibilidade de cáries aumenta, pois é como se o exército tivesse mais soldados para enfrentar a guerra.

Mas estes soldados precisam comer, como todos nós, certo? Advinha o que eles gostam? AÇÚCAR! As bactérias chamadas patogênicas (mais fortes para provocar a cárie) vão pegar o açúcar que ficou nos seus dentes, transformar num ácido e jogá-lo no dente. Ácido no dente=Início de cárie!

Se você não higienizar direito (escova + fio dental), esse buraco vai aumentando e abrigando mais bactérias que vão continuar tendo acesso aos alimentos que você come, aumentando e aprofundando cada vez mais a lesão cariosa. Quanto mais profunda a lesão, mais difícil é para a sua escova retirar essas bactérias e impedir o aumento da cárie. A sua escova, nem o enxaguante, conseguem paralisar um processo de cárie mais profunda. A tendência é que ela chegue até a polpa e você será um forte candidato ao tratamento de canal. A figura abaixo mostra este desenvolvimento de um jeito mais fácil de entender.

 

Como se relacionar com o açúcar?

Bom, você já tá se perguntando: Então açúcar nunca mais, né? Claro que não! O importante é que você saiba que quando a gente come alguma coisa, o pH da boca muda e o ambiente bucal fica mais propício para as bactérias começarem a se multiplicar ou continuarem um processo carioso já instalado.

Por isso, a melhor hora de você comer seu doce é na hora da sobremesa, após o almoço ou jantar. O pH da boca já alterou por causa da refeição. Então, aproveita e come um docinho! Depois, escova o dente e passa o fio dental! Se você deixar pra comer o doce durante a tarde ou pela manhã, é mais um momento de mudança de ph bucal, aumentando a possibilidade de desmineralização dental e início do processo carioso.

Entendi, mas como evitar?

Moderação no açúcar, comendo nas horas certas e higienização correta. Não tem mistério! Escova e fio dental sempre na parceria com você! Fio dental é bem chato, eu sei… mas não tem jeito: tem de passar fio dental! É entre os dentes que acontece a maior incidência de cáries. É aquele docinho que você comeu fora de hora e ficou entre um dente e outro que pode te dar uma dor de cabeça danada e te fazer ir me visitar lá no consultório!
Outro dado interessante: Você já percebeu que tem algumas pessoas que têm mas cáries que as outras, mesmo que elas escovem os dentes regularmente? Então, isso acontece porque cada pessoa tem um jeito de escovar, uma quantidade de bactérias em boca, variações e mutações de bactérias diferentes, algumas bocas têm um pH mais propenso a proliferação das bactérias que outras. Algumas pessoas fumam, o que diminui a salivação. Na saliva temos anticorpos contra as bactérias mais agressivas.

Consegue perceber como somos indivíduos únicos e por isso existe tanta diferença na hora de abordar e tratar de cada paciente?

Resumindo…

Perceba que são uma série de fatores que levam a pessoa a desenvolver cárie. Não existe essa história de que “fulano tem dente mais fraco que ciclano”… Tudo na vida é moderação. Você não vai deixar de comer um doce por causa da cárie. Coma sem culpa, escove os dentes depois e pronto! O problema não é o açúcar em si, mas como você lida com ele! Diminuir o açúcar só vai trazer benefícios pra sua saúde.
Espero que tenha te ajudado a entender sobre a cárie.

2 Comentários

  1. Avatar Tamires disse:

    Estou amando .. Vou ler todos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *